Você precisa gastar seus Bitcoins

voce-precisa-gastar-seus-bitcoins

O número de negociações feitas com o uso de Bitcoins vem crescendo cada vez mais em todo o mundo desde o surgimento da moeda digital em 2009.

crescimento bitcoin

Número de transações realizadas com bitcoin desde o surgimento da moeda em 2009. Fonte: Blockchain

Mas mesmo em um cenário de crescimento, até usuários fiéis do Bitcoin tem grande resistência em utilizá-lo como meio de pagamento, apesar de já existirem mais de 15 mil estabelecimentos que aceitam bitcoin só no Brasil e outros tantos outros em todo o restante do mundo.

 

As vantagens do uso do da moeda digital são inúmeras e uma das principais está justamente relacionada a seu crescimento. A valorização do Bitcoin como moeda, principalmente quando comparada às outras comuns é muito maior. Por muitos é considerada uma das melhores formas de investimento existentes, considerando o mercado atual.

bitcoins valorizacao real

Crescimento do preço do Bitcoin em Reais (BRL). Fonte: bitcoincharts.com

Em face a essa valorização, os usuários têm mantido seus investimentos “debaixo do colchão”. A preferência fica em usar as formas de pagamento tradicionais ao invés dos preciosos Bitcoins. Porém, não é difícil entender que para o Bitcoin continuar crescendo e expandindo para novos mercados as pessoas precisam usá-lo de fato. Afinal, como convencer os estabelecimentos comerciais a aceitarem o bitcoin como método de pagamento se ninguém está disposto a usá-los? Vamos chegar lá.

Bitcoins em circulação impulsionam o mercado

Claro que, do ponto de vista econômico, comprar e guardar bitcoins por si só já contribui com o crescimento da tecnologia. Isso porque diminui a quantia de bitcoins em circulação, tornando-os mais escassos e pressionando assim o preço para o alto. Mas, melhor que isso, colocar os Bitcoins em circulação contribui ainda mais para o crescimento, não só do Bitcoin, mas de uma economia global com a moeda digital.

Mas então, se guardar bitcoins é lucrativo e gastá-los é ainda melhor, porque as pessoas continuam guardando seus bitcoins? ( hodlers! ) A razão mais provável disso é que, fazer essas transações atualmente não é tão simples assim. Veja abaixo um exemplo:

Até hoje ( porque vamos te mostrar como resolver isso no final deste post ) funciona mais ou menos assim: Você vê um smartphone à venda por R$ 2.000,00 e escolhe pagar usando seus ( preciosos ) bitcoins. Feita a compra, você acessa a sua corretora de bitcoins e faz uma solicitação de depósito no valor que você gastou comprando o smartphone. Então, você entra em seu internet banking, transfere o dinheiro, baixa o comprovante e envia pra a corretora. Depois disso tudo com certeza você toma um cafézinho, enquanto a confirmação do depósito é feita. E se com sorte o pagamento for confirmado, então você faz uma compra a preço de mercado de dois mil reais em bitcoins. ( Correndo o risco de conseguir menos bitcoins do que o efetivamente gastou na compra do celular ) Ufa… Complicado, não?

Foi pensando nisso que o Biscoint criou o Hodler: Um repositor automático de bitcoins, feito para que as pessoas usem seus bitcoins sem remorso e mantenham suas economias intactas. Entenda como funciona a seguir.

 

Conheça o Hodler

O Hodler monitora em tempo real todos os gastos de sua carteira de bitcoin, a partir da chave pública estendida. Sempre que um novo gasto é detectado, ele faz uma compra automatizada de bitcoins, repondo a quantia gasta ( inclusive a taxa de transação ). A compra é feita no melhor preço daquele exato momento. Este preço é garantido pelo Biscoint, que encontra em tempo real o preço mais baixo de bitcoin. Ao final do mês, o usuário recebe uma fatura com código de barras pagável em qualquer banco. Com a fatura paga, o usuário resgata os bitcoins custodiados.

 

Como utilizar?

Atualmente o Hodler está em fase beta para usuários selecionados. Caso você tenha interesse, basta acessar o site hodler.io e se cadastrar para participar do beta.

 

One Comment, RSS

  1. […] Se você quer começar a investir no mundo das criptomoedas, há dois termos que precisa conhecer: soft fork e hard fork. Eles aparecem com certa frequência nesse meio e consistem em bifurcações. Mas o que isso significa na prática no mundo dos bitcoins (BTC’s)? […]

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*