A popularização do Bitcoin já é algo inquestionável no mundo todo. E, em virtude disso, muita gente se pergunta “como aceitar Bitcoin no meu estabelecimento?”.

O Bitcoin é visto como uma proteção contra a inflação. Por isso, aceitá-lo no seu estabelecimento pode ser uma excelente opção para quem não quer ver o seu poder de compra diminuir.

Por isso, nesse post ensinaremos como você pode aceitar Bitcoin no seu negócio!

Como aceitar Bitcoin no meu estabelecimento?

Antes de mais nada, é preciso deixar claro que o Bitcoin é uma criptomoeda de fácil utilização, suas transações podem ser feitar por QR Code, como o Pix.

Além disso, utilizando a tecnologia Lightning (o BETA está disponível no Biscoint), ele fornece transações mais rápidas e com custos mais baixos do que cartões de crédito, por exemplo.

Ademais, em caso de vendas internacionais, o processo de recebimento se torna ainda mais rápido, facilitando inclusive as vendas feitas nos finais de semana.

Fora isso, anunciar que “Aceitamos Bitcoin” já atrairá bastante atenção para o seu negócio, pois as pessoas ficarão curiosas, assim como veículos de comunicação, principalmente os entusiastas da criptomoeda.

Sabe o que é melhor? Independente do porte do seu estabelecimento, é possível aceitar o recebimento com Bitcoin, seja o seu negócio físico ou virtual.

Leia mais:

-> O que é Blockchain? – Tudo o que você precisa saber!

-> Mineração de Bitcoin: entenda o que é e como funciona

Primeiramente, crie sua carteira de Bitcoin

No Biscoint, nós recomendamos a BlueWallet.

O primeiro passo para você aceitar Bitcoin como forma de pagamento é criar uma carteira de Bitcoin. Ela será o endereço para onde os clientes enviarão as criptomoedas.

É como se eles estivessem mandando um Pix, ou seja, eles inserem sua chave – ou escaneiam o seu QR Code – e digitam o valor a ser pago.

Os bitcoins enviados para essa carteira ficarão armazenados no seu computador, celular ou dispositivo, dependendo de qual for o tipo de carteira escolhida.

Para montar sua carteira com segurança, leia nosso artigo sobre carteiras de criptomoedas clicando aqui.

Use um processador de pagamentos para aceitar Bitcoin no seu negócio

Outra maneira de receber bitcoins é usar um processador de pagamentos. Essa é uma alternativa muito boa para quem lida com muitas transações durante o horário comercial.

Dentre os exemplos mais conhecidos de processadores de pagamento estão o BitPay e o Coinbase. É importante lembrar, porém, que o processador de pagamento cobrará uma porcentagem ou taxa mensal pelos seus serviços. Entretanto, os preços cobrados costumam ser bem mais em conta que as taxas cobradas pelas empresas de cartão de crédito.

Os processadores também vão oferecer algumas aplicações da sua tecnologia, sendo que você poderá enviar faturas por e-mail, configurar um POS ou adicionar um plugin de carrinho de compras para sua loja on-line, por exemplo.

Além disso, se você precisar converter o seu Bitcoin em reais para pagar fornecedores, esse tipo de processador o faz de forma instantânea.

Procure manter os registros de Bitcoin corretamente

Um outro ponto importante no momento de aceitar Bitcoin como forma de pagamento é saber como manter os registros das criptomoedas no seu negócio.

Para isso, sugerimos que você procure uma empresa de contabilidade. Caso contrário, poderá ter problemas futuros com a Receita Federal.

Afinal, mesmo não sendo necessário recolher impostos em algumas situações, é preciso fazer o registro das compras e vendas de criptomoedas.

Quais as vantagens em aceitar Bitcoin?

A principal vantagem em aceitar bitcoins no seu negócio é que você passa a ter proteção contra a inflação e pode efetuar vendas para outros países de maneira muito mais fácil.

Ademais, sua carteira não receberá bitcoins falsos. Por isso, é muito seguro o recebimento em Bitcoin, mais seguro do que o próprio papel-moeda, que pode ser falsificado.

Um outro ponto interessante é que não há limites de quantidade e, como a moeda pode ser fracionada, isso ajuda a receber qualquer valor, por menor que ele seja.

Além disso, a visibilidade também é um dos pontos de destaque para as empresas que estão começando a aceitar as criptomoedas como forma de pagamento, já que a cada mês cresce o número de interessados em investir em Bitcoin e outros criptoativos.

Quais são os cuidados necessários?

Apesar de ser bastante atrativo aceitar Bitcoin como forma de pagamento, é preciso prestar atenção em alguns pontos para não se atrapalhar com as finanças do seu negócio.

Afinal, o Bitcoin é um ativo muito volátil e, se você não tomar cuidado, o valor da venda poderá ser inferior ao custo.

No Brasil, é proibido precificar produtos em qualquer moeda que não seja o Real. Por isso, sempre divulgue o preço dos seus produtos em reais, permitindo que a pessoa pague o equivalente em Bitcoin na cotação daquele momento – quem usa um processador de pagamentos para receber em criptomoedas já conta com essa facilidade, uma vez que a conversão é feita de maneira automática.

É importante ressaltar que, além disso, você precisa informar o local em que comprou seus bitcoins para a Receita Federal. Dessa forma, quando um cliente te envia bitcoins, é necessário que você pegue alguns dados dessa pessoa, como nome completo, CPF, endereço, etc. As informações que são necessárias devem ser esclarecidas por um contador.

É possível aceitar todas as criptomoedas?

Hoje em dia, você pode aceitar outras criptomoedas além do Bitcoin, mas é preciso se certificar de que sua carteira seja compatível com esses outros criptoativos – uma carteira multimoedas que recomendamos é a Edge.

Além disso, achamos que é importante observar o market cap (valor de mercado) da moeda em questão. Se for uma moeda com baixo valor de mercado e desconhecida, você poderá ter dificuldades para negociá-la posteriormente.

Vale a pena aceitar bitcoin no seu negócio?

Em uma economia cada vez mais globalizada e diante de tantas incertezas no cenário macroeconômico mundial, aceitar criptomoedas como forma de pagamento está sendo cada vez mais vantajoso para as empresas.

Os próprios fornecedores estão passando a adotar essa forma de pagamento e pode ser que chegue um tempo em que será possível fazer todas as negociações dentro da cadeia do negócio em criptomoedas.

Contudo, apesar de ser altamente vantajosa essa alternativa, é preciso seguir o passo a passo corretamente, para que você não se atrapalhe com as conversões, pagamentos e recebimentos.

Além disso, recomendamos que você busque um contador para auxiliá-lo nesse processo, uma vez que a legislação brasileira é um tanto quanto nebulosa em se tratando de criptoativos.

Conclusão

Em suma, há diversos serviços que podem auxiliá-lo a receber Bitcoin no seu estabelecimento, por mais que eles não sejam necessários.

Além disso, recomendamos veementemente que você converse com um contador antes de iniciar esse processo. 

Acompanhe a Biscoint para aprender mais sobre o mundo cripto:

-> Instagram

-> YouTube

> Blog

Author

Sou Analista de Marketing do Biscoint e fascinado por novas tecnologias e criptomoedas (eu sei que todo mundo que fala sobre Bitcoin diz isso, mas no meu caso é verdade).

Write A Comment