Aceitação do Bitcoin cresce 702% em 5 anos

Aceitação de Bitcoin - Biscoint

A aceitação de Bitcoin cresceu 702% de 2013 a 2018. Os dados são do CoinMap – ferramenta online de monitoramento de aceitação de criptomoedas – e foram divulgados pela agência de notícias NewsBTC.

As áreas que já se mostravam amigáveis ao uso do Bitcoin se tornaram mais fortes. Além disso, surgiram notáveis e agradáveis surpresas em relação ao Brasil e vizinhança: a América do Sul teve aumento dramático (veja abaixo).

Áreas com locais que aceitavam bitcoins como forma de pagamento em 2013.
Áreas com locais que aceitam bitcoins ao final de 2018.

Ryan Radloff, que é CEO da CoinShares, empresa de gestão de ativos digitais, tuitou as duas imagens. Ele mostrou o aumento do número de locais que aceitam BTC como método de pagamento.

Ele mostrou que o total de negócios amigáveis ao Bitcoin passaram de 1.789 (em 2013) para 14.113 (em 2018).

Como se vê na segunda imagem, anteriormente existiam poucos locais concentrados na Argentina, Chile e Brasil. Agora, em 2018, já é possível ver forte aceitação de bitcoin entre comerciantes locais da Colômbia, Equador e Venezuela – que passa por forte crise política e econômica.

O mapa mostra, também, que ainda existe muitas oportunidades em várias regiões, como África, Oriente Médio e China, para onde empreendedores podem virar suas atenções nos próximos anos.

Vale lembrar que aceitação não é o mesmo que adoção. Não é possível determinar quantas transações foram realizadas de fato. De qualquer forma, o aumento no número de locais amigáveis ao bitcoin é encorajador. Especialmente para os entusiastas do bitcoin.

Acesse biscoint.io para acompanhar o preço do Bitcoin em tempo real nas principais corretoras do Brasil.

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*